Volvo FH – 25 anos de inovação

O Volvo FH é um enorme sucesso. E as inovações que beneficiam motoristas, proprietários, segurança e negócios continuam a mudar o jogo. "Você deve nutrir uma cultura que permita que as pessoas explorem novas ideias. E uma estrutura que implemente as ideias que geram valor para os clientes", diz Staffan Rödjedal, gerente de projetos do FH em Group Trucks Technology.
Linha do tempo de inovações do Volvo FH

Inovação e novos recursos – o Volvo FH continua evoluindo.

Em 1993, a Volvo Caminhões apresentou ao mundo o caminhão mais avançado já existente: o Volvo FH.
Com recursos como o motor D12A e o Volvo Engine Brake, as especificações técnicas impressionaram. No entanto, talvez ainda mais impressionante tenha sido o foco no motorista. O Volvo FH foi – e continua a ser – o sonho dos motoristas. A nova cabine reflete essa situação. O caminhão é um local de trabalho não apenas ao dirigir, mas também para descansar ou dormir. Por meio de testes extensos com mais de 1.500 motoristas e usuários de caminhões, a Volvo Caminhões conseguiu construir uma nova cabine de baixo para cima que gerou toda uma nova experiência.
"Colocamos o motorista no centro. E ainda o fazemos", diz Mats Karlsson Lindh, diretor de planejamento de produtos em Group Trucks Technology.
Hoje, o Volvo FH continua a avançar a experiência de transporte rodoviário. Com recursos como o exclusivo Volvo Dynamic Steering, que aperfeiçoa o controle de direção e, ao mesmo tempo, reduz lesões decorrentes de esforços dos motoristas, a Volvo Caminhões continua a progredir.

A história por trás do Volvo FH começou no meio da década de 80. A Volvo Caminhões oferecia uma ampla gama de caminhões para diversos mercados, mas havia uma necessidade de aprimoramento do processo e de uma plataforma de programas de produtos comum. Com o FH, a Volvo Caminhões criou um esquema para inovações futuras. Uma das principais revoluções no desenvolvimento foi o novo chassi. O design dinâmico proporcionar aos engenheiros um lugar comum para continuar o desenvolvimento e criar recursos personalizados para cada necessidade.

Teste de aerodinâmica do modelo Volvo FH

A pesquisa aerodinâmica por trás do Volvo FH foi sem precedentes.

"Descrevi este aprimoramento do processo industrial como um transplante de coração e cérebro para a Volvo Caminhões. Ele mudou a nossa forma de trabalhar", diz Jan Johnsson, gerente de projetos naquele momento.

Como mencionamos, o Volvo FH é um caminhão para motoristas, mas a Volvo também reconhece as necessidades comerciais dos clientes. Isso era tão importante no lançamento quanto é hoje.
"A pesquisa aerodinâmica feita para o design foi sem precedentes. Ela também possibilitou um consumo de combustível menor para os clientes", diz Mats Karlsson Lindh.

O chassi também foi criado com um foco comercial claro, com soluções flexíveis para diferentes tipos de cargas. Hoje, a Volvo Caminhões explora todas as possibilidades em busca de soluções que reduzam ainda mais o consumo de combustível para os clientes. Software I-shift atualizado, elevação do eixo tandem, I-park cool, treinamento de monitoramento de combustível para motoristas e piloto automático preditivo I-see são apenas algumas inovações recentes que melhoram os resultados para os clientes.

Motorista dirigindo um Volvo FH

A Volvo Caminhões frequentemente começa com problemas de clientes reais para descobrir novos recursos.

O progresso nunca para. E o FH continua melhorando. Na Volvo Caminhões, o trabalho continua. "Frequentemente começamos com um problema de cliente real. Por exemplo, o Volvo Dynamic Steering – um dos pontos de partida era que desejávamos encontrar uma solução para reduzir os esforços necessários para esterçar direção em rotatórias. Durante a pesquisa, descobrimos tantas novas possibilidades que algo muito mais avançado emergiu: a VDS como conhecemos hoje", diz Staffan Rödjedal.
Criatividade e estímulo a boas ideias são duas partes importantes do processo que gera inovações bem-sucedidas. Trabalho árduo é outra.
"Você precisa medir em uma longo e difícil caminho com muito trabalho duro. Cada recurso foi testado e experimentado por anos antes que funcionasse da maneira que desejávamos e como nosso clientes esperavam."

Artigos relacionados