Cuide bem do baú do caminhão

Implementos como baús também precisam de manutenção periódica e cuidados na hora de conectá-lo ao bruto. Confira algumas dicas para cuidar do seu Baú!
Cuide bem do baú do caminhão | Volvo na Estrada

Sempre ressaltamos a importância de revisar o caminhão, cuidando para que o cargueiro esteja sempre disponível para seguir viagem quando precisar. No entanto, implementos como baús também precisam de manutenção periódica e cuidados na hora de conectá-lo ao bruto.

Instalação:
O baú deve ser instalado de acordo com as medidas de limite de carga e volume de cada veículo. Verificar o ponto de equilíbrio é importante para que a carga se mantenha bem distribuída, equilibrando o peso por igual.

Manutenção:
Antes de seguir viagem, o ideal é que o motorista verifique também como estão alguns itens do implemento, como os fixadores e grampos, borracha das portas, faixas reflexivas, vedação do teto, dentre outros.

Limpeza:
A limpeza do baú deve ser feita periodicamente, de acordo com o tipo de carga que você transporta. Materiais corrosivos, por exemplo, requerem uma lavagem mais frequente para evitar que os resíduos de produto deteriorem o implemento. A lavagem externa ajuda a identificar pontos de vazamento para dentro do baú, evitando a perda de cargas secas.

Vedações:
Não tente resolver os problemas de vedação do baú com lonas ou fitas de manta asfáltica. Se houver vazamentos, procure fazer o reparo correto, que pode ser com a troca da chapa do baú ou com aplicação de massa de vedação.

Prevenção:
Caixa de ferramentas, cordas e cintas de amarração, e equipamentos como o “levanta fio” são fundamentais para o estradeiro em caso de emergência. Planejar o seu trajeto também é importante. Assim você evita passar por regiões com ruas estreiras ou com fiação baixa.

Carregamento:
Antes de pegar a estrada, confira se a carga está bem presa e amarrada nas barras laterais. Evite prendê-la nos ripamentos do baú – eles servem apenas para proteger a chapa, e podem se soltar com mais facilidade.

 

 

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não necessariamente representam o posicionamento da Volvo.