Volvo faz sua primeira entrega de caminhões elétricos na Europa

Volvo Faz Primeira Entrega de Caminhões Elétricos | Volvo na Estrada

A Volvo Trucks acaba de fazer sua primeira entrega de caminhões 100% elétricos na Suécia. Atualmente são dois veículos em circulação, incluindo um caminhão de coleta de lixo e um caminhão de distribuição. A produção em série terá início no segundo semestre de 2019, com um número limitado de veículos para os mercados europeus.

Os caminhões Volvo FL Electric fazem parte de uma pré-série, desenvolvida em colaboração com clientes selecionados. Além do Volvo FL Electric (para 16 toneladas) a produção em série também inclui o modelo Volvo FE Electric (para 27 toneladas).

Cada modelo de caminhão é otimizado para sua tarefa, com a capacidade de bateria e sistema de carregamento apropriados. O carregamento é feito em estações especiais, e leva entre uma e duas horas. A tecnologia já foi aplicada e comprovada em mais de 4.000 ônibus elétricos da Volvo pelo mundo.

A ausência de ruído de motor e emissões de exaustão dos caminhões elétricos Volvo traz diversas vantagens. A primeira, e mais evidente, é a redução do impacto ambiental, o que contribui para um espaço urbano mais limpo e silencioso. Os motoristas também ganham com a tecnologia, uma vez que são expostos a menos barulho e, consequentemente, menos cansaço e stress.

Mas os veículos elétricos também pode gerar mudanças futuras na urbanização e no cotidiano das pessoas. Com eles, é possível. As cidades, por sua vez, poderão crescer e se desenvolver de uma forma nova e mais sustentável.

E o que é melhor: sem impacto na performance dos veículos. “Os motoristas ficaram especialmente impressionados com a resposta imediata do trem de força, com aceleração rápida e sem pausas, além do baixo nível de ruído”, afirma Roger Alm, Presidente da Volvo Trucks. "Nossa proximidade e colaboração com motoristas e clientes nos permite desenvolver, em pouco tempo, soluções de transporte eletrificadas que atendem altos requisitos em desempenho, autonomia, manuseio de carga e operação do veículo”, conclui.