A tecnologia Volvo e a eficiência de combustível

A Tecnologia Volvo e a Eficiência de Combustível | Volvo na Estrada

Ele foi vice-campeão na final mundial do Volvo Driver Challenge de 2018 e é um verdadeiro mestre na eficiência de combustível. O dono e motorista de caminhão de madeira Bert “Knatte” Johansson entende como aproveitar cada gota de combustível e cada detalhe do seu pesado.

Depois de 30 anos como motorista de cargas de madeira, Knatte sabe exatamente como as toras devem ser colocadas no caminhão e como ele pode rodar melhor pelas estradas sinuosas da floresta. O trabalho cotidiano de manobrar em espaços apertados o tornou hábil na direção precisa e, ao longo dos anos, ele venceu diversas competições na exposição automotiva sueca Elmia. Em 2009, ele também ganhou o concurso Super Eco Driver Volvo, uma competição que inspirou o Driver Challenge, no qual ele ficou em segundo lugar na final global de 2018, contra 32 candidatos de outros países. Muitos dos outros competidores que lutaram pelos primeiros lugares da final sueca também são motoristas que carregam madeira, e Knatte tem sua própria teoria sobre porque ele e seus colegas do setor se saem tão bem.

“Como motorista de cargas de madeira, você sabe exatamente onde estão os cantos do caminhão e onde fica o implemento, caso contrário, você ficaria facilmente preso e sozinho na floresta. Além disso, devemos constantemente ficar de olho na eficiência do combustível e otimizar o consumo, porque sempre rodamos com a carga cheia”, explica ele.

Desde que ele tinha 19 anos e começou a trabalhar para a Sommens Transport, até então a empresa de transporte de seu pai, Knatte acompanhou de perto o desenvolvimento de caminhões e reboques. Naquela época, não havia cabines em guindastes, de modo que ele e seus colegas precisavam se sentar em um galpão durante o carregamento e descarregamento. Devido aos motores mais fracos na época, também era mais comum os caminhões ficarem presos. Antes que o Dynafleet fosse introduzido e o serviço de acompanhamento remoto existisse, os motoristas ficavam presos e eram deixados sozinhos na floresta. Knatte relembra as várias vezes que precisou sair e procurar por colegas que não voltaram depois que o turno acabou. “A incerteza era o pior. Hoje eu posso acompanhar a localização dos meus caminhões e ver se eles estão rodando ou parados. Isso proporciona uma verdadeira paz, tanto para mim quanto para meus funcionários”, diz ele.

Hoje, os caminhões Volvo FH16 do Knatte são equipados com motores de 750 cavalos. Ele também tem a I-Shift desde que a caixa de câmbio foi introduzida pela primeira vez e acredita que ela, junto com a Direção Dinâmica da Volvo, contribuiu para uma experiência de direção mais confortável e tranquila: "estou muito mais descansado depois de um turno de trabalho hoje do que quando comecei como motorista", conta.

A importância das tecnologias Volvo no seu dia a dia é clara, como nesse exemplo: seu destino é a serraria Bergs Timber em Mörlunda, a cerca de 150 quilômetros de onde ele está agora. Assim que ele deixa as estradas florestais mais difíceis e vai para uma estrada pavimentada, Knatte liga o I-Cruise. Ele também ativa o programa de economia de combustível I-See, que examina o caminho à sua frente e planeja a condução para torná-lo o mais eficiente possível: “em estradas e rodovias pavimentadas, uso esses programas 99% do tempo. Se você tem o Cruise Control, o I-See funciona perfeitamente, uma vez que o sistema pensa por você. Se eu tentasse conduzir com a mesma eficiência de combustível que o sistema quando estou dirigindo manualmente, precisaria de concentração total ao longo do dia. Eu não consigo manter esse nível de foco por tanto tempo”, diz ele.

Para se tornar realmente expert em dirigir com eficiência de combustível, Knatte diz que é preciso evitar o pedal do acelerador o máximo possível, assim, você pode rodar muito mais. Ele também tenta aprender como funciona a tecnologia no caminhão e depois testa os diferentes sistemas para obter os melhores resultados. Knatte também aponta para o painel e explica como o I-See faz a diferença: “agora eu rodo por um longo tempo, mas em outras épocas eu nunca tiraria meu pé do acelerador. A Volvo realmente conseguiu desenvolver um sistema inteligente ”, conta ele.

Nas ocasiões em que ele precisa dirigir sem carga, ele sempre usa o recurso Elevação do Eixo Tandem para reduzir o consumo de combustível. A longo prazo isso terá um impacto muito positivo, já que seus 7 caminhões vão e voltam em turnos de 24 horas.

Knatte admite que nem sempre é possível aplicar tudo que ele sabe, e que tanto ele como seus funcionários às vezes precisam comprometer a eficiência de combustível, especialmente em dias estressantes com muito trabalho. “Então, é importante que recuperemos o tempo perdido através do aumento da produtividade. Esse é o principal equilíbrio que sempre tento transmitir aos meus motoristas”.

A tecnologia Volvo também ajudou no ótimo resultado do Driver Challenge: “durante a final mundial, notei que muitos outros competidores optaram por mudar de marchas manualmente, mas não o fiz. Acabei de colocar em uma mudança de marcha manualmente durante uma única subida! Isso realmente prova que a tecnologia nos caminhões da Volvo funciona bem ”, diz Knatte.

Quer saber mais sobre como as nossas tecnologias podem ajudar na sua operação? Continue ligado aqui no blog e siga nossas redes sociais: Facebook | Instagram