Conheça os benefícios do novo Volvo VM

Os novos modelos com quatro eixos são capazes de alcançar um aumento de 22% na capacidade de carga líquida, além de diversos outros benefícios.
Conheça os benefícios do novo Volvo VM | Volvo na Estrada

As novas configurações 8×2 e 8×4 do Volvo VM, lançado recentemente pela Volvo, apresentam maior capacidade de transporte de cargas e diversidade mecânica.

Feitos para rodar em operações de média distância – entre 200 e 400 quilômetros -, carregando matérias primas e produtos industrializados, os novos modelos com quatro eixos são capazes de alcançar um aumento de 22% na capacidade de carga líquida, saltando de um PBP ( Peso Bruto Total) de 23 toneladas para 29 toneladas.

Nas configurações 8×2 e 8×4 os transportadores podem usar o caminhão para rodar em operações de menor distância e realizando o transporte de matérias primas e produtos industrializados.

Na aplicação vocacional, as betoneiras e caçambas são direcionadas para o VM 8×4. Isso porque, os caminhões podem transportar aproximadamente cinco toneladas a mais de carga líquida em relação a um veículo de três eixos.

Esse total pode representar um ganho de uma a cada quatro viagens, proporcionando também menor consumo de combustível por tonelada transportada.

Agora, a oferta da linha VM é formada por veículos 4×2, 6×2, 6×4, 8×2 e 8×4.

Necessidades atendidas

A nova configuração dos caminhões Volvo VM possui maior diversidade mecânica, pois apresenta opções de motores de 270cv ou 330cv. Munidos de uma ampla oferta de caixas de câmbio, essas mudanças visam atender as necessidades dos transportadores.

Na configuração 8×2, o transportador pode optar por caixas de 6, 9 ou 12 marchas. Já na versão 8×4, as caixas de câmbio possuem ter10 ou 12 marchas.

Com isso, o transportador tem a sua disposição uma gama variada de transmissões para cada operação que ele realizar.

Além disso, o novo veículo também possui uma grande oferta de tomadas de força no modelo com motorização de 330cv. O VM 270cv 8×4 tem ainda uma tomada de força no motor de aplicações nas quais é necessário o funcionamento do implemento com o caminhão rodando, como em aplicações para betoneira.