Dias do Caminhoneiro. Sim, são três!

O Caminhoneiro merece reconhecimento, tanto que a profissão tem não um, mas três dias em sua homenagem. Entenda melhor os motivos. Confira!

Dias do Caminhoneiro. Sim, são três! | Volvo na Estrada

Hoje é celebrado o Dia do Motorista, de São Cristóvão e dos caminhoneiros. Mas não foi dia dos caminhoneiros mês passado? E em setembro, não é nosso dia também? São muitas as dúvidas sobre a data em que os estradeiros comemoram a sua profissão. Por isso vamos tentar esclarecer esta pequena confusão.

Dia 25 de julho é o Dia de São Cristóvão. Diz a história que Cristóvão era um homem forte e robusto, que estava em busca de servir ao mais poderoso de todos os homens. Quando descobriu que este homem era Jesus, converteu-se e passou a morar na margem de um rio, onde ajudava pessoas a atravessá-lo de uma margem a outra. Um dia ele transportou um menino em seus ombros, que ficava mais pesado a cada passo. Quando Cristóvão reclamou que parecia que carregava o mundo nas costas, o menino falou: “Não carregas o mundo, carregas seu criador. Sou Jesus, aquele a quem serves”. Por isso São Cristóvão é tido como o padroeiro dos motoristas e caminhoneiros. Esta data existe desde o século XV, sendo a mais antiga e mais lembrada pelos estradeiros.

Já o dia 30 de junho foi instituído como o Dia do Caminhoneiro em 1986, no Estado de São Paulo, pelo governador Franco Montoro. É uma data de celebração regional.

E, pra complicar um pouco mais, em 2009 o presidente em exercício José Alencar institui o dia 16 de setembro como Dia Nacional do Caminhoneiro.

Para nós, todo dia é dia de homenagear os guerreiros que encaram o trecho e colaboram para o progresso do país. Parabéns para todos!

 

 

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não necessariamente representam o posicionamento da Volvo.